Cajamar, - Seja bem vindo!
Portal Oficial do
Poder Legislativo da Cidade de Cajamar

Projeto de Lei N°41/2011

PROJETO DE LEI Nº 041 DE 21 DE JUNHO DE 2011.
“Dispõe sobre redenominação da Estrada Municipal para Estrada BENEDITO PROCÓPIO MISSÉ”


Art. 1º – A Estrada Municipal do Ponunduva – Centro, que liga a Estrada Francisco Missé à altura do Poste da Eletropaulo CAJ 02/185 que liga a Rua Demétrius Rodrigues Pontes a altura do Poste da Eletropaulo de nº CAJ 98/185, Passe a denominar “ESTRADA BENEDITO PROCÓPIO MISSÉ”, situada no Bairro do Ponunduva – Cajamar - SP.

Art. 3º - O Croqui que identifica a localização, fica fazendo parte integrante desta Lei.

Art. 3º - As despesas decorrentes da aplicação desta lei, correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

Art. 4º - Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação.

Art. 5º - Revogadas as disposições em contrário.




Plenário Ver. Waldomiro dos Santos, 21 de junho de 2011.






JOÃO BATISTA MISSÉ
VEREADOR









JUSTIFICATIVA


A BIOGRAFIA DO HOMENAGEADO POR SI JUSTIFICA A APRESENTAÇÃO DA PRESENTE PROPOSITURA, SENDO QUE O SR. BENEDITO PROCÓPIO MISSÉ, TEVE UMA VIDA DEDICADA À COMUNIDADE, REPLETA DE EXEMPLOS DE AMOR AO PRÓXIMO.







JOÃO BATISTA MISSÉ
VEREADOR




















BIOGRAFIA


BENEDITO PROCÓPIO MISSÉ


Benedito Procópio Missé, nascido no dia 08 de julho de 1896, filho de José Antonio Missé, e Maria Eulalia de Oliveira, no Distrito de Pirapora do Bom Jesus, mais precisamente nos Missé, região do Itaquery, local bem próximo a Pirapora isto é na parte rural, no sentido Santana de Parnaíba.
De família de lavradores e criadores de gado, eram também tropeiros e proprietários de carros de bois, com os quais faziam transportes de mantimentos e outros entre Pirapora e a Estação Ferroviária de Barueri e região.
E foi assim nestas idas e vindas para o Ponunduva, que Benedito Missé conheceu aquela que viria ser sua esposa: "Benedita Rodrigues Pontes" filha de Demétrio Rodrigues Pontes e Antonia Penteado Pontes que na época era um dos proprietarios da "Fazenda Juruvauva".
Algum tempo depois, Benedito Missé e Benedita Vieram a se casar mais precisamente no dia 25 de fevereiro de 1922, no Distrito de Pirapora do Bom Jesus, Município de Santana de Parnaíba comarca de Barueri - SP.
Desta União nasceram dois filhos, mas somente após 19 anos. Em 1941, Leopoldo Aparício Missé, e 1944, Maria Aparecida Missé, e tiveram vários filhos adotivos.
Depois de casados, vieram a residir na casa de seu sogro, conhecida ainda hoje por alguns como "Casa Nova" até que em dezembro de 1928, ele comprou o seu primeiro sitio de herdeiros de Ana Maria da Silva Pontes, com 29.460 alqueires por 4.000$000 (quatro contos de reis).
Agora de posse de suas próprias terras, o casal Benedito e Benedita começava a trabalhar na Lavoura, plantação de cana-de-açúcar, criação de animais e compra e venda de gado. Com seus negócios correndo bem por volta de 1933, ele fundou também o seu alambique de pinga, que viria a se chamar: Fabrica de Aguardente de Cana Pirapora Missé e que não demorou muito para se tornar a melhor caninha da região.
Por ser fabricada com muito capricho e dedicação caiu no gosto dos apreciadores desta bebida, fazendo com que a toda sua produção fosse vendida, parte no próprio alambique, parte em Cajamar e Pirapora principalmente.
E assim ele foi comprando mais terras, aumentando seu rebanho de gado e desta forma se consolidando como uma boa fazenda - bons cavalos de sela, vários carros de bois, boa tropa de burros de carroça e de carga, tudo isso para transporte tanto de pinga para Cajamar (cargueiros) e Pirapora, como transporte de produtos da roça para a sede da fazenda como cana de açúcar para o alambique e muitos outros.
Benedito Missé, proporcionou muitos empregos diretos e indiretos aos moradores do Ponunduva e que muito contribuiu para melhorar a qualidade de vida do seu povo. Sua produção de leite era distribuída gratuitamente para seus empregados e as pessoas necessitadas do Bairro, sempre colaborava nos mutirões para melhoria geral das estradas. Com seus camaradas, carroças, carros de bois, e fornecimento de madeiras ajudava na construção de pontes o que era o mais comum da época. Cedia sua tropa a quem necessitava de transporte da colheita de suas roças, sempre manteve na fazenda local para escola e muitas vezes também local para a professora, quando esta vinha de outras localidades.
Como simpatizante de "Romarias" principalmente a de Jundiaí ao Bom Jesus de Pirapora, onde tinha vários amigos, sempre deu seu maior apoio aos Romeiros que porventura viessem a precisar. Manteve sempre a área do "Capão da Onça", hoje também conhecida por "Cruzeiro" como sendo a parada tradicional dos Romeiros que fazem esta peregrinação a Pirapora do Bom Jesus ou a outras cidades. Exerceu também durante alguns anos, o cargo de Inspetor de Quarteirão do Bairro, nomeado que foi pela Delegacia de Policia do Município de Santana de Parnaíba.
E o mais interessante da história, é que para resolver certas questões, ele fazia algumas reuniões no "Capão da Onça".
Como bom católico, Benedito Missé com sua família visitava o Santuário de "Nossa Senhora Aparecida” em Aparecida do Norte todos os anos. Também participava de todas as Missas e Procissões na Igreja do "Bom Jesus" em Pirapora, e não faltava nas tradicionais festas de "São Roque" no "Barreiro" que foram as maiores festas que o Bairro do Ponunduva já teve, antes da represa da Light em Pirapora do Bom Jesus.
E lá pelos anos de 1951, ele e sua família se mudavam para a nova casa que acabara de construir e que viria a ser a nova sede da fazenda já com 107 alqueires de terras.
Assim a vida de Benedito Procópio Missé, continuou até 29 de dezembro de 1957 quando veio a falecer com sessenta e um anos de idade.
Desta forma, contamos um pouco da história da vida de Benedito Procópio Missé, que foi lavrador, sitiante, fazendeiro e empresário de sucesso e, lembramos dele também, como um "Benemérito", por tudo que ele fez ao povo do "Bairro do Ponunduva".



        




Este documento foi disponibilizado no site em 9 de Novembro de 2011 às 14h:20m

Câmara Municipal de Cajamar

Avenida Professor Walter Ribas, 555 - Centro, Cajamar / São Paulo
Fale Conosco: (11) 4446 6148 / (11) 4446 6844 / (11) 4446 6054 / (11) 4446 6866
Atendimento ao Público das 12h00 às 18h00